quinta-feira, julho 15, 2010

«Poesia Vadia» - OitoNove

Foi uma experiência inesquecível!! ... Muito obrigada a todos os que por lá passaram, que por lá estiveram ... a noite lisboeta ficou mais "rica"!

Foram espectaculares os cruzamentos
de estilos - Ana Viana, António Gedeão, Vinicius, Fernando Pessoa, Sophia de Mello Breyner Andresen, "rap", anónimos, a Raquel, a Isabel, a Lena, a Bela, ... improvisos, ..., letras de músicas declamadas -



de idades - jovens, adultos, quem estava de passagem, quem foi por amizade, ...,

de experiências - dos improvisos, em estilo "RAP", aos cruzamentos de leituras de poemas diversos, de leituras ecoadas,

de músicas - tocadas maravilhosamente na viola, de clássicas a MPB, ...

Não tenho palavras! ... :-) ... elas não conseguem descrever o que por lá se viveu! ...

Muito obrigada, Mónica!! Muito obrigada, Oitonove Bairro Alto!!

5 comentários:

MoNi Mesquita disse...

Pois é.... que gozo viver o primeiro dia de poesia vadia... e descobrir que, para além do meu eu.... vários eus queriam um espaço onde as vozes fossem vozes livres - num acto de amor!
Obrigada Margarida por mais uma vez... és luz!
Beijo carinhoso,
Moni

L.Reis disse...

E eu que não pude ir...

Margarida disse...

Não perdes pela demora, porque muitas mais sessões como esta se seguirão ...
;-)

Bjs

Isaura Matos disse...

Tenho pena de não ter podido partilhar a experiência
Beijos, Isaura

Margarida disse...

Olá, Isaura!

Que saudades!! ... :-)

Vai haver mais sessões como esta ... :-)

Bjs grds