sexta-feira, junho 25, 2010

Afagos e memórias

A pele ou os afagos, como memórias?

A memória afinal onde pára ela?

Na pele, como memória dos afagos?

Nas emoções, que deixamos emergir?

Nas tristezas? Nas saudades?

Nas alegrias? Nos momentos de felicidade?

Nos abraços de braços que nos reconfortam
e nos preenchem os vazios?

Vazios que nos acompanham,

desde idades ancestrais,

desde outras vidas.

Vazios que, preenchidos, se transformam,

e nos permitem renascer!




In Memórias de Pele [Skin memories]

3 comentários:

CCF disse...

Belas palavras afago.
~CC~

João Menéres disse...

Muito bemescrito e cheio de POESIA !

Mais uma homenagem à LINA!
Parabéns às duas.

Um beijo, MARGARIDA.

Margarida disse...

:-)

... e que seria de nós sem os afagos? ... sem a poesia?... sem essas memórias?

Bjs e muito obrigada, para os dois