domingo, maio 02, 2010

Dia da Mãe: «O segredo é amar!»

Como precisamos de furar as ondas depressivas em que nos deixamos submergir no «Incompreensível» do quotidiano, dedico este poema do professor-poeta Sebastião da Gama, a todas as «Mães» (às verdadeiras «Mães») a todas e todos que conhecem «o segredo», independentemente de como cada um(a) o ouve, sente e exprime, cada qual à sua maneira:

«O Segredo é amar!»

Pelo sonho é que vamos,
comovidos e mudos.
Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não haja frutos,
pelo sonho é que vamos.
Basta a fé no que temos.
Basta a esperança naquilo
que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
com a mesma alegria,
ao que desconhecemos
e ao que é do dia a dia.
Chegamos? Não chegamos?
- Partimos. Vamos. Somos.

Sebastião da Gama

1 comentário:

Joana BFS disse...

Lindo poema!
bjos para todos!