segunda-feira, dezembro 08, 2008

Como é isto possível no século XXI?

Sim!! ... como é possivel?!!

Como é possível a justiça ser cega?!! Como é possível os bancos terem tantos lucros ao final do ano?!! Como é possível os administradores dos bancos ganharem tanto dinheiro e quando saiem levarem tão chorudas indemnizações?

Soube este fim-de-semana de duas histórias reais, mas lamentáveis ... que têm que ver exactamente com estas questões que coloco ...

A Primeira

Por acção do tribunal, a polícia foi a casa de uma família confiscar todo o seu rexeio, incluindo o enxoval do bébé que estava para nascer e que com tanto cuidado e custo tinha sido arranjado ... a mãe foi para a maternidade, no dia seguinte, sem enxoval ... por alguma razão daquelas que todos podemos imaginar, deixaram de pagar o empréstimo ao banco ... por isso, tudo o que tinham dentro de casa lhes foi confiscado por ordem do tribunal onde o dito banco lhes pôs uma acção por incumprimento!! Isto passou-se em Lisboa!!

A Segunda

Também em Lisboa. Na semana passada. Aconteceu o mesmo a uma outra família em que a mãe vive sózinha, desempregada, procurando criar três filhos em idade escolar, com a solidariedade de vizinhos e amigos e trabalhando que nem uma desalmada para conseguir sobreviver com menos dificuldades. Também lhes levaram todos os móveis e bens que tinham dentro de casa. Ficaram com as roupas penduradas em cordéis junto das paredes.

Agora pergunto:

O que ganham os bancos com este tipo de acções?... Vão vender os móveis e restantes bens para que possam realizar algum dinheirito? ... umas migalhas nos seus imensos lucros anuais? ...

Se bem conheço o país em que vivemos, vai tudo apodrecer para um recondito armazém, que ninguém sabe onde fica nem a quem pertence... a culpa morre solteira e ninguém tem vergonha ... nem ganham nada os bancos, nem aqueles a quem tanto custou ir juntando algum dinheiro para pagar, ou ir pagando, o que tinham em casa... só serve para criar um clima de medo e de depressão ... de "ficar calado para não perder o emprego" e de "ter que se sujeitar a tudo o que possa acontecer" ...

... mas pergunto mais:

Os banco não têm vergonha na cara por porem este tipo de acções em tribunal?

São os efeitos da divisão social do trabalho? ... cada um trata da sua tarefinha sem se preocupar com as implicações e os resultados finais?

É para isto que a justiça é cega? ... e o que acontece aos grandes devedores? ...

Será que já nem somos capazes, enquanto sociedades democráticas e civilizadas, de encontrar outras formas de resolver situações como estas?

É a isto que se chama democracia? ... considero que esta assim não nos serve!

... e é este o modelo civilizacional mais avançado que conseguimos até agora? ... temos que passar rapidamente para outro - este, como se pode ver, está esgotado!

Como me diziam quando era pequenina, "ainda temos que comer muitas codeas!", que é como quem diz, ainda temos muito para aprender!!

3 comentários:

olivia disse...

Oi Margarida
de facto da que pensar... andamos num desnorte total depois do q ja vivemos parece que estamos a voltar para tras! eu sinto me as vezes como antes do 25 de abril! Uma revolucionária!!! Pode??? O pior é que estamos a ser tratados como BESTAS convencidos q nao entendemos o q querem dizer ou fazer... Como sou ptimista dias melhores virao
Vou contribuindo com o meu trabalho(q cada vez é menos valorizado, ahahaha)pois como dizia A.Cabral " O trabalho valoriza o homem" Será assim ainda???
Beijo amigo da Olivia "A dos calores de África"

Margarida disse...

... Revolucionária uma vez, revolucionária SEMPRE!! ... :-) ...

Não podemos perder o humor, a lucidez e o optimismo ... se não lá se vai a nossa saúde mental! ... por isso é que é importante não perdermos de vista a paisagem toda em vez de nos fixarmos só nos pormenores dos ZOOM's que nos querem apanhar, como numa teia!

Bjs grds - Margarida

olivia disse...

Pode crer, sempre alerta e com a cabeça bem erguida e atent~
Ja q começamos nao podemos deixar o barco andar à deriva! Estamos juntas para o q der e vier. Bj da olivia